Como a Full Time reduziu índice de afastamentos por problemas emocionais

Escrito por: Equipe de Pesquisa e Desenvolvimento Moodar

A Full Time, empresa especializada em prestação de serviços de atendimento ao cliente, divulgou os resultados das ações com a Moodar, implementadas há pouco mais de seis meses, que têm por objetivo melhorar a saúde emocional dos colaboradores da empresa.

Em parceria com a Moodar, startup de cuidado emocional e desenvolvimento de pessoas, a empresa conseguiu estancar o crescimento de afastamentos por questões emocionais logo na implementação e, em apenas três meses, foi possível perceber uma redução de quase 10%, quando comparado com o mesmo período do ano passado, onde ainda não havia ação implementada neste sentido dentro da Full Time.

Como reduzir o afastamento por saúde mental?

Os motivos mais comuns dos afastamentos são transtornos de ansiedade, a reação ao stress, episódios depressivos e transtornos específicos da personalidade.

“Este é o primeiro estudo dos resultados e após essa redução tivemos a certeza de que estamos no caminho certo. As últimas palestras trataram temas como ´O trabalho em nós’, ‘Comunicação não violenta’ e ‘Prevenção ao cansaço emocional’. Tivemos uma aderência de mais de 80% dos gestores, o que demostra um bom índice de engajamento por parte da equipe”, explica Daniel Tavares, gerente de Recursos Humanos da Full Time.

Um estudo realizado pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) e publicado pela revista The Lancet, diz que os casos de depressão aumentaram em 90% e o número de pessoas que relataram sintomas como crise de ansiedade e stress agudo mais que dobrou entre os meses de março e abril de 2021. E, ainda de acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde), as principais causas de afastamento de funcionários do trabalho no Brasil são: depressão, transtornos de ansiedade, stress e burnout.

Este último é o principal sintoma que tem trazido preocupação para a Full Time.

“Alguns dos atestados apresentados estão relacionados nesta seguinte ordem de importância: problemas respiratórios, dores abominais e questões emocionais como stress e ansiedade e muitas das primeiras queixas estão sim ligadas diretamente a fatores emocionais, principalmente a estafa e ao burnout. Quando percebermos isso, sentimos que estava na hora de fazermos algo efetivo para auxiliar nossos colaboradores e, por isso, fomos em busca da Moodar”, diz Tavares.

A ferramenta é utilizada por todos os departamentos da empresa, como também pela gerência e diretoria. “Nossos gestores são nosso melhor exemplo. Este time tem se dedicado a solução da Moodar participando ativamente das sessões de terapia e das palestras e eventos em que são convidados”, complementa o gerente de RH.

De acordo com alguns levantamentos internos realizados pela equipe de RH da Full Time, a plataforma têm auxiliado os colaboradores a enxergar as dificuldades e o que é preciso fazer para supera-las. As sessões de terapias semanais, realizadas por alguns colaboradores, por exemplo, têm ajudado na obtenção de resultados muito satisfatórios, trazendo mais qualidade no aproveitamento do tempo no trabalho e em casa com as famílias.

como reduzir afastamentos no trabalho
Resultados em 3 meses são muito satisfatórios, de acordo com a Full Time

Como funciona a Moodar?

Mas afinal como é o funcionamento da plataforma? O executivo Felipe Farias, CEO da Moodar nos conta que a ferramenta está estruturada em cinco pilares que podem ser habilitados de acordo com a necessidade e budget de cada empresa. São eles: investigação, desenvolvimento, acolhimento, promoção e transformação. Para cada item estão habilitadas funcionalidades.

Por exemplo, no módulo investigação são realizados mapeamentos quantitativos e qualitativos dos desafios, por meio de pesquisas e assessments, já o módulo desenvolvimento é a aplicação de programas para líderes, formação do RH e marketing com o objetivo de medir os indicadores.

“O principal objetivo do nosso negócio é ajudar as empresas a gerar resultado através do desenvolvimento emocional: Acolhendo, educando, desenvolvendo. Como consequência, evitamos afastamentos questões de saúde mental, retemos talentos e elevamos a produtividade”, conta Farias acrescentando que o engajamento dos líderes é fundamental para o sucesso da plataforma.

“Nossa solução utiliza inteligência artificial para melhorar a precisão do trabalho de acolhimento e desenvolvimento emocional. E temos percebido que a Full Time, em especial o departamento de RH, tem apresentado maturidade e domínio no uso de indicadores para trazer efetividade aos programas de formação conduzidos com seus colaboradores. O bom uso de dados faz toda a diferença na Full Time.”, ressalta o CEO.

Como próximos passos, a Full Time continuará aplicando as atividades do módulo de desenvolvimento promovendo ações de integração de cada área específica da empresa, estimulando a participação nas palestras e nas sessões de terapia. E a cada trimestre será realizada a pesquisa de resultados a fim de aprimorar a implementação dos módulos da plataforma.

Conheça a Moodar em www.moodar.com.br

Agende uma Demo

Outros conteúdos:

O que é escuta ativa e qual a importância na comunicação com as equipes?

O que é escuta ativa e qual a importância na comunicação com as equipes?

Gerenciamento de competências: como fazer no dia a dia?

Gerenciamento de competências: como fazer no dia a dia?

Autonomia: A chave para a inovação e o engajamento no trabalho

Autonomia: A chave para a inovação e o engajamento no trabalho

...